Sábado, 19 de Maio de 2012

...

 

Terminou a aventura da equipa desta freguesia no Torneio de Futsal Inter-Freguesias, organizado pela Câmara Municipal de Chaves/Eurocidade Chaves-Verin. E terminou porque no passado Domingo, em jogo disputado no Pavilhão Municipal de Verin, perderam com a equipa de Faiões, por 3-2.

Desta vez a nossa equipa apresentou apenas jogadores cá do sitio, que, mesmo assim, conseguiram fazer melhor que no ano anterior com  os "craques" vindos de fora, que não passaram da 1ª fase. Já o ano passado aqui dissemos que existem aqui em S, Lourenço muitos rapazes com habilidade para a prática  desta modalidade, para além dos que agora tomaram parte, o que precisam é de ser bem preparados. Não é só fazer a inscrição e uns dias antes juntar alguns desse rapazes e dizer-lhes que estão inscritos e que dali a dias há jogo. Isto tem que ser bem preparado e com bastante antecerdência. Temos cá em S.Lourenço quem saiba da "poda" e, como tal, bastará contactar essa pessoa para organizar uma equipa, fazer treinos  e depois seleccionar aqueles que considerar os melhores.

Enquanto assim  não acontecer. não vamos a lado nenhum.

publicado por S. Lourenço - Chaves às 08:23
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 18 de Maio de 2012

BARRACOS

 

Ainda fomos descobrir mais este barraco aqui bem próximo da aldeia. Etsá muito bem conservado, quer de paredes quer de telhado, simplesmente não está a ser utilizado, porque nas suas imediações já há casas de habitação, uma das quais pertencentes ao mesmo dono do barraco. Uma boa maneira de preservar o que os antepassados deixaram.

publicado por S. Lourenço - Chaves às 10:00
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 17 de Maio de 2012

CAIXAS DE CORREIO

 

Em vários locais da nossa aldeia existem caixas iguais às da foto. Estas caixas servem para o carteiro deixar a correspondência destinada  ás pessoas  cujas habitações ficam um pouco mais diastantes do seu local de passagem.  Julgamos que isto já não tem razão de existir, por

dois motivos. Primeiro, os CTT exigiram que em todos os arruamentos fosssem colocadas placas com o seu nome e as casas devidamente numeradas e ainda a colocação   da respectiva caixa de correio., para que o carteiro pudesse fazer a sua diatribuição   correcta. Segundo, porque, pelo menos aqui em S. Lourenço, o carteiro faz a diatribuição  andando de automovel de rua em  rua.

Se assim é, porque obrigar as pessoas a deslocarem-se diariamente das suas moradias, até âs caixas  pata verificarem se têm correspondência ?

Fica o reparo.

 

publicado por S. Lourenço - Chaves às 07:33
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 16 de Maio de 2012

FLOR DA ESTEVA

 

A Esteva é uma planta com flores da familia das Cistaceae, É oriunda das regiões mediterrânicas e atinge , mo máximo . entre um e dois metros de altura. As folhas são  persistentes e de cor verde/escuro e as flores brancas, geralmente com cinco pétalas muito finas, com centro amarelo e com pintas acastanhadas.

Na nossa zona é  muito vulgar encontrarem-se Estevas e sempre ouvimos dizer que a flor da esteve é muito bois para fazer chá para o tratamento de doenças do estômago.

publicado por S. Lourenço - Chaves às 10:39
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 15 de Maio de 2012

PROFISSÕES

 

Cá estamos novamente, após um cirto interregno.

Já aqui o escrevemos que S. Lourenço foi em tempos  uma aldeia  onde havia muitas profissões: Alfaiates, Sapateiros, Carpinteiros, Tamanqueiros, e muitas outras. isto é; aqui havia de tuido.

A casa que vemos na imagem, hoje restaurada e apenas casa de habitação, foi, no passado,alé de casa de habitação, uma tamancaria. Quando o tamanqueiros, devido à sua avançada idade, deixou de poder trabalhar a tamancaria acabou

publicado por S. Lourenço - Chaves às 08:26
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 10 de Maio de 2012

CANCELAS

 

Mais uma cancela de madeira. Feita há muito pouco tempo e de construção fácil.  QAkguns  paus , uns ao alto outros atravessados e pregados uns nos outros e aí está uma cancela feita e sem grandses gastos.

 

PS. Por motivos de ausência este Blog não se vai publicar. amanhã, Sábado e Segunda-Feora. Voltaremos na próxima Tera-Faira. se Deus quiser.

publicado por S. Lourenço - Chaves às 09:44
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Maio de 2012

COUVE GALEGA

 

Aqui nanossa terra, as couves galegas não estão só na hortas. De vez em quando lá aparece uma ou outra num arruamento,  como esta que aqui deixamos que está em plena Rua dos Soutos. Para que isto aconteça, não precisa ser plantada. Basta uma pequena semente cair entre o paralelos da rua e aí cresce e se desevolve. Depois as pessoas que morarem junto ao sitio onde a couve nasceu tratam dela, não que lhes faça falta   para consumo, mas para embelezar e ser um caso que raramente acontece.

publicado por S. Lourenço - Chaves às 07:41
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 8 de Maio de 2012

CASAS DA ALDEIA

 

De vez em quando vamos mostrando aqui algumas casas da nossa aldeia, que foram construidas ou reconstruidas nos últimos anos, para que alguns dos nossos emigrantes noutros Continentes e que já não vêm à nossa terra, há alguns anos, vão verificando o progresso da suas terra natal, neste campo.

Por isso aqui deixamos hoje mais uma.

publicado por S. Lourenço - Chaves às 08:05
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 7 de Maio de 2012

AS CEIFAS

 

Antes de aparecerem as ceifeiras-debulhadoras, a ceifa do trigo e do centeio eram feiras manualmente. Grupos de homens\, e por vezes também  mulheres, juntavam-se e lá iam eles de "gadanho" em punho para fazerem as cegadas. DEpois  enquanto uns cortavam a palha iam outros por trás  fazendo os molhos. Era o que se chamava atar. Os molhos eram apertados com  a propria palha que retiravam dps molhos já apartados, à qual chamavam "Vencerlha". No final de todo o trabalho concluido juntavam-se os molhos e ficavam na terra durante mais alguns dias para o cereal ficar bem seco. Passados esse dias fazia-se a "acarreta" para as eiras, onde haveria de seer malhado. Este trabalho era feito em carros de bois. Aqui na nossa aldeai havia muitas eiras, umas públicas outras patticulares. Ali eram feitas as mêdas. Primitivamente as malhas eram feitas igualmente à mão, mas depois chegaram as  malhadeiras que eram movidas por um motor e apenas malhavam. A seguir à malha   o cereal teria ainda que passar por uma outra máquia para ficar limpo de todas as impurezas. Mais tarde vieram as malhadeiras/limpadeiras (que podemos ver na foto) e que já eram movidas com tractor agricola.

Estas máquinas, aghora só servem para museu.

publicado por S. Lourenço - Chaves às 07:51
link do post | comentar | favorito
Sábado, 5 de Maio de 2012

GIESTAS

 

Giesta é o nome vulgar de várias espécies arbustivas pertencentes às tribo Genisteae, que se ramificam desde junto ao solo e tem um porte menor em relação às árvores. Não necessitam de grande espaço para sedsesenvolverem.

É netas época do ano que as giestas se encontram floridas, com as suas flores, umas brancas, outras amarelas. Por florirem nesta época, àquelas que produzen flores amarelas, também há quel lhes chame Maias.

Há giestas que , por vezes, atingem um maior porte e são aproveitadas para lenha. Nos montes aqui à volta  aparacem giestas de qualquer espécie, com muita frequência,

publicado por S. Lourenço - Chaves às 08:27
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. FALECIMENTO

. FUTSAL

. ESCOLA

. ANO NOVO

. BOAS FESTAS

. FOTO ANTIGA

. OBRAS

. MISCAROS

. S. MARTINHO

. DIA DE FINADOS

.arquivos

. Março 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub