Sábado, 19 de Março de 2011

FRAGAS

 

Cá temos mais uma fraga,  ou melhor um conjunto de fragas bem encostadas umas às outras. No local onde se encontra existe um Castro Romano, do qual já nada se pode observar, devido à grande qantidade de mato e silvas que o envolvem. Recorda-nos perfeitamente de que há  alguns anos atrás foram feitas ali algumas pesquisas, embora não tivesse havido escavações,  mas pelos vestigios que foram recolhidos, ficou provada a existência desse Castro Romano.

O que é  pena é que estas coisas vão ficando abandonadas.

publicado por S. Lourenço - Chaves às 11:11
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 18 de Março de 2011

RTIBEIRO DE CABANAS

 

Sempre ouvimos dizer que o Ribeiro que passa pela nossa terra, se chama Ribeiro de Cabanas. As próprias priopriedades que confinam com  o Ribeiro, têm nas suas confrontações Ribeiro de Cabanas.

Porém, e sem se saber porquê, há uns anos atrás a Direcção de Estradas, mandou colocar junto às pontes de S. Lourenço e da Ribeiro do Pinheiro, placas  com a indicação de Ribeiro de Palheiros. Na devida altura aquela entidade foi informada do erro. Mas de nada valeu. Na ponte de S. Lourenço, as placas foram retiradas  aquando das obras da Estrada, ficando agora sem nenhuma indicação, mas na da Ribeira do Pinheiro, ainda se lá  mantem.

Não  teria já decorrido o tempo suficiente, para reparar este erro ?

publicado por S. Lourenço - Chaves às 10:58
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Março de 2011

O PULVERIZADOR

 

Até aqui há uns tempos atrás era apenas com pulverizadores fabricados em cobre, iguais  ao da foto, que se punha o sulfato  nas videiras, o veneno aos escaravelhos das batatas e outras caldas mais. Actualmente já quase não são utilizados.Depois deste pulverizadores apareceram os atomizadores com motor,  que também já são pouco utilizados.

Actualmente estes trabalhos fazem-se com pulverizadores mecânicos atrelados aos tractores, ou então com pulverizadores fabricados em plástico, não só por serem mais leves,  como são muito mais baratos.

E a agriculura não está para serem utilizadios utensílios caros.

publicado por S. Lourenço - Chaves às 11:09
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 16 de Março de 2011

URZE

 

Urze é o nome  de uma planta da familia das Ericáceas, espontânea, que quer dizer que não precisa ser plantada e muito frequente em Portugal.

Também a nossa zona não foge à regra e são muitas as urzes que se vêem nos montes aqui à volta. Nesta época do ano as urzes estão com flor e, por isso, dão um colorido interessante aos locais onde se encontram.

Há quem , nesta ocasião,  aproveite os ramos das urzes para fazer arranjos florais e que ficam muito bonitos.

publicado por S. Lourenço - Chaves às 08:31
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 15 de Março de 2011

BARRACOS

 

Lá  fomos descobrir mais um barraco aqui nas redondezas. Deste só ja restam as paredes. Para a construção deste barraco foram aproveitados o muro de vedação da propriedade onde se encontra e o muro de suporte da propriedade que fica da parte de cima. Isto é, só foi necessário fazer dois muros. Nota-se perfeitamente a porta de entrada e meia dúzia de telhas já partidas.

Há quem diga que muitos destes barrcos, para lém da  serventia que tinham, eram muitas vezes construidos para aproveitar a pedra que era. extraida das proprieades. E isto tem a sua  lógica.

publicado por S. Lourenço - Chaves às 08:41
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 14 de Março de 2011

COUVE

 

No quintal de uma casa de habitação aqui bem dentro da nossa aldeia, fomos descobrir uma couve totalmente diferente das outras. Como nunca tinhamos visto nenhuma assim,  perguntamos à proprietária da casa qual a sua qualidade. Também não nos soube responder, apenas nos disse que lhe haviam trazido aquela semente dos EUA.

Agora que é uma couve muito linda  disso nas restam dúvidas. A imagem é elucidativa.

publicado por S. Lourenço - Chaves às 08:43
link do post | comentar | favorito
Sábado, 12 de Março de 2011

MIRADOURO

 

 

A bonita fotografia, que hoje aqui deixamos é uma vista aérea da zona do Miradouro de S. Lourenço. Podemos  ver aqui ao fundo a Estrada Nacional e a entrada da Rua da Ribeira de Sampaio, já depois das obras efectuadas da Estrada. Ao centro está  o Restaurante  Miradouro e toda a zona envolvente. As vinhas, os olivais e ainda algumas  construções existentes na zona também podem ser obervadas. Lá mais ao cimo podemos igualmente ver o inicio das Curvas da Mata,  na zona do Serradouro, que  durante o Inverno ficam cobertas de gelo.

É uma zona aprazivel, com muito Sol no Inverno e fresca na Verão, principalmente apartir do fim da tarde . É ainda um local com vistas maravilhosas para a Cidade de Chaves, a sua veiga e várias  localidades da vizinha Espanha.

Para quem não conhece, é  um local que recomendamos visitar.

publicado por S. Lourenço - Chaves às 08:19
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 11 de Março de 2011

FRAGAS

 

A esta  fraga que hoje aqui deixamos, é aquilo a que se pode chamar três em um. Na realidade são três penedos enormes bem juntinhos uns aos  outros.

Nas nossa voltas pelas redondezas da nossa terrra, vamos encontrando estas maravilhas, que a Natureza nos oferece, às quais não resistimos em  "bater" uma foto para depois trazermos aqui ao Blog.

Temos  a certeza que ainda  haverá mais para derscobrir e que a seu tempo prometemos mostrar.

publicado por S. Lourenço - Chaves às 08:33
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 10 de Março de 2011

ESTANHEIRA

 

Esta casa que hoje aqui mostramos, totalmente em ruinas e abandonada,  embora seja propriedade particular,  já foi em tempos habitada. É a casa da Estanheira.

Chama-se assim a este local, porque na década de 40 e mais tarde na de 60, do Século passado  laboraram ali umas minas donde se extraia estanho. Foram vários os concerssionários que fizeram essa exploração. Mais tarde, a casa e os terrenos em volta, onde existiam as minas, foram adquiridas por um Senhor de nome  Marciano de Castro, que morou na casa durante muito tempo. Após o falecimente deste ainda ali habitou um seu irmão. de nome João, igualmente já falecido.

No tempo do Marciano aquilo estava bem cuidado, os terrenos estavam fabricados e a casa em boas condições de habitabilidade. Actualmmente é o que se vê:  a entrada da mina principal já está obstruida, o mato e as silvas abundam por todo o lado. Poderm ainda ali verem-se alguns buracos, abertos na altura, provavelmente para serem efectuadas  pesquisas.

Ainda temos pessoas vivas na nossa aldeia que li trabalharam durante e laboração das minas.

publicado por S. Lourenço - Chaves às 08:44
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Março de 2011

MAIS UM FALECIMENTO

 

Ontem faleceu na sua residência aqui em S. Lourenço, o Sr.  Viriato Medeiros. Tinha 82 anos de idade. Foi emigrante em França durante muitos anos, tendo regressado  definitivamente à nossa terras há alguns anos atrás..

Era casado com D. Afra  de Oliveira Medeiros e pai de seis filhos: o Norberto, o Viriato, a Maria, a Isabel, a Cristina e a Teresa, todos eles emigrantes em França.

Vai a sepultar no Cemitério desta localidade, hoje pelas 16 horas.

A toda a familia enlutada , esposa, filhos, noras, genros e netos,  apresentamos sentidos  pèsames.

publicado por S. Lourenço - Chaves às 09:23
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. S. MARTINHO

. DIA DE FINADOS

. PARABENS

. FALECIMENTO

. ABOBORA

. SANTOS

. VINDIMAS

. ANDOR

. FESTA

. FOTO ANTIGA

.arquivos

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds